Utilizando uma celebre frase, somente totalmente alterada do Personagem Hamlet do grandioso escritor William Shakespeare, e digo mais, porque essa alteração, porque o título está escrito dessa forma e não da maneira correta, que seria Ser ou Não Ser? Eis a questão.

Simples, isso se dá por um motivo muito simples de muitas vezes, algumas pessoas, especificamente celebridades ou pessoas que tem alguma visibilidade pública, como por exemplo no cenário atual brasileiro, que seria Joelma, os Deputados Pastor Marcos Feliciano e o Jair Bolsonaro, todavia meu objetivo não será falar dessas pessoas, até porque estarei me rebaixando ao mesmo deles, mas tratar um pouco dessa questão do que eles falam e como isso tem repercussão na vida e na sociedade.

Estaríamos sendo idiotas, grosseiros ou hipócritas, se disséssemos que essas, outras ou qualquer pessoa não tem o direito, todos nos temos o direito e liberdade de falar o que quisermos, aonde e como e sem talvez um verdadeiro motivo, contudo, devemos saber ao fazermos isso, gera-se-á consequências, sejam positivas, negativas ou até mesmo ambas, e que não poderemos reclamar depois o que isso acarretou.

Mas porque isso ocorre? Acredito que todos sabem a resposta e a explicação, mas para aqueles que ainda possuem suas dúvidas, vou explanar sobre o assunto e disponibilizar minha opinião. O motivo é simples, o que não sabemos é que as nossas palavras e ações tem um poder muito forte, uma força que não se mede por nenhum equipamento cientifico, vai do imaginário de cada um, pois interfere diretamente na parte mais importante do corpo, nosso cérebro, pois é nesse local que surgem as ideias e ações e também será ali que tem uma repercussão maior ou menor.

Isso acontece também pelo fato de cada um tem sua opinião acerca do fato, ou seja, contra, a favor ou até mesmo neutro ou em cima do muro, não sabe que posição tomar. E obviamente acaba sendo um efeito natural discordar e criar ações que vão de encontro a opinião que foi manifestada. Mas a pergunta do título continua sem resposta, afinal temos o direito de liberdade de opinião, mas será que devemos fazer isso mesmo? Devemos seguir em frente sem se preocupar com as consequências?

Caberá a cada um fazer suas escolhas, mas eu entendo seriamente que tratando-se de uma opinião pessoal, e sabendo-se que a mesma terá opinião favoráveis e desfavoráveis, é melhor guardar para si sua opinião, como por exemplo esse escritor que poderia ter falado mal da pessoa no início da postagem, mas preferi não fazer e dizer somente que não concordo com a opinião de todos eles, trata-se de um outro passo importante a se seguir.

Mostrar seu ponto de vista, pode ser feito, ninguém pode impedir, mas afinal o que a pessoa ganha com isso? Visibilidade. Aparece nas mídias. Vira notícia. Ganha uma certa fama, prestígio e por outro lado descredito. Muitas vezes, mesmo sabendo do resultado, as pessoas fazem porque tem um real objetivo por trás disso, depois tenta amenizar o problema, até o momento que as pessoas irão esquecer. Minhas opiniões ficam comigo, o que faço é simplesmente opinar contra ou a favor, mas reclamar, xingar, parte para agressão ou algo pior, não compartilho dessa ideia, como devo ter dito, estaria me baixando ao nível deplorável da pessoa, pois ali ela terá mais força contra mim, e se eu manter no meu nível a mesma não alcança.

Espero que todos tenham consciência do que querem e antes de falar ou fazer qualquer besteira, pense muito bem antes, projete as consequências e resultados, e veja se fale a pena seguir em frente, pois depois não haverá retorno.

Anúncios